Mensagem de Ano Novo 2020: Centenário da Self-Realization Fellowship

“Pai Celestial, abençoa-nos para que cada dia seja um novo ano, um novo ciclo de percepção espiritual, até que possamos sentir-Te em Tuas infinitas expressões.”
– Paramahansa Yogananda

Alegres saudações de Ano Novo aos nossos queridos amigos da família espiritual de Paramahansa Yogananda ao redor do mundo, com sincera amizade e amor! Com a consciência repleta de esperança, inerente a nossas almas, vamos ingressar no ano de 2020 inspirados pela poderosa prece de Paramahansaji, mencionada acima – cientes de que este período especial do ano representa uma divina oportunidade de crescimento, mudança, transformação, renovação.

Aproveito esta oportunidade para agradecer a todos vocês – de perto e de longe, ao redor do mundo – por seus cartões, presentes e mensagens de amor e apoio enviados durante a recente época do Natal. Vocês não têm ideia do quanto toca meu coração, do quanto significa para todos nós – monges e monjas que servem nos ashrams de Paramahansaji – receber sua amizade divina; e, acima de tudo, perceber sua sinceridade e dedicação para fazer dos abençoados ensinamentos e técnicas de nosso Guru uma parte de suas vidas. Deus abençoe cada um de vocês!

O ano que passou foi especial para a Self-Realization Fellowship e Yogoda Satsanga Society – um marco na história e expansão da obra de Guruji – com o lançamento da série finalizada das Lições SRF/YSS. E este novo ano também será de grande regozijo – o Centenário da fundação da Self-Realization Fellowship por Paramahansaji. Cem anos atrás, ele chegou à América para trazer ao Ocidente os mais elevados ensinamentos sagrados da preciosa tradição da Índia sobre como encontrar Deus e comungar com Ele. Ainda que estivesse só e sem amigos quando desembarcou do navio em Boston, ele sem demora foi cercado por um crescente núcleo de buscadores ávidos por conhecer a mensagem da Índia, consagrada pelo tempo, sobre a verdade. Onde quer que fosse, nosso Guru fazia amizades espirituais e atraía seguidores e discípulos, à medida que seu trabalho crescia e se transformava na organização mundial que existe hoje.

Todos vocês são uma parte desse crescimento. Eu os vejo como joias cintilantes disseminadas por toda a Terra, ajudando a iluminar uma dispensação divina, um ensinamento de âmbito mundial que está acumulando força e momentum, encorajando as pessoas e as nações a se afastarem da ignorância, do egoísmo e das trevas, rumo à luz de Deus e à consciência espiritual. Tenho encontrado devotos do mundo inteiro que vêm praticando os ensinamentos da SRF/YSS por cinco, dez, vinte, trinta anos ou mais. Tanto amor e bondade, tanta positividade de espírito e realização interior irradiam de seus olhos, de sua face e de todo seu ser! Essa é a promessa que a espiritualidade prática pode cumprir.

Portanto, este Centenário será uma ocasião maravilhosa para recordações, juntamente com renovada inspiração e gratidão pelas dádivas espirituais, e pela oportunidade concedida a nós e ao mundo através de Paramahansaji e sua linhagem de Gurus. Espero que cada um de vocês visite o website da SRF para inteirar-se dos eventos especiais que estão planejados.

A melhor maneira pela qual podemos expressar gratidão a nosso Guru é tornando-nos exemplos de seus ensinamentos e ideais. E o início deste novo ano é uma ocasião excelente para tomar essa resolução. Vamos decidir extirpar de nossa vida os hábitos mundanos – pelo menos alguns deles! –, que nos retardam, e nos impedem de ser e realizar aquilo que nos destinamos a ser e a realizar como almas feitas à imagem de Deus.

A fim de conhecer essa imagem, precisamos meditar. Reservem algum tempo agora, ou durante sua meditação regular desta noite, para sentar-se em silêncio. Pratiquem as técnicas ensinadas nas Lições; então conversem sinceramente com Deus, em qualquer aspecto ou forma que lhes seja mais inspirador. Se fizerem isso – mantendo o olhar no centro crístico (Kutastha), e o coração sintonizado com fé e expectativa –, vocês sentirão a segurança interior do desabrochar da consciência espiritual. Algumas vezes podemos não obter provas e sinais imediatos de Deus, porque Ele quer que desenvolvamos maior fé – a qual, como acontece a um músculo, se fortalece com o uso. Nós questionamos se Ele está realmente lá. Mas Jesus disse: “Não se vendem dois passarinhos por um ceitil? E nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai.” Deus está ciente de nós, mas nós precisamos estar cientes Dele! E isso vem com a prática paciente da meditação, somada à fé e pensamento positivo – aceitando tudo o que venha a nós como o próximo passo em nossa evolução espiritual, sempre nos esforçando interiormente por sintonia e atitude correta: “Senhor, o que desejas que eu aprenda com esta experiência? Como queres que eu reaja? Abençoa-me com a capacidade de trilhar este caminho com coragem e com o Teu amor em meu coração. ” Desse modo vocês certamente O encontrarão no final de sua jornada.

Em minhas meditações, eu oro por todos vocês. Sintam as bênçãos de Deus fluindo a vocês. Visualizem um escudo protetor do amor de Deus a circundá-los. Envolvidos nessa luz e amor como uma família unida de almas, vamos fazer deste ano não apenas um marco na história da SRF, mas um marco pessoal em nossa própria vida espiritual. Lembrem-se destas bonitas palavras do Mestre:

“O único propósito da Self-Realization Fellowship é ensinar às pessoas o caminho para o contato pessoal com Deus. Quem fizer o esforço não deixará de encontrá-Lo. Em seu coração, faça uma promessa solene e reze ao Pai para que Ele o abençoe com o desejo insaciável de encontrá-Lo, para que você não perca mais tempo… Minha prece para cada um de vocês é que, a partir de hoje, vocês façam o supremo esforço para encontrar Deus, jamais desistindo até estabelecerem-se Nele.”

Que Deus abençoe vocês e os que lhes são caros, com Sua divina paz, amor e alegria neste Novo Ano.
Irmão Chidananda

2019 – Mensagem de Páscoa de Irmão Chidananda

“Contemple seu Eu imortal ressuscitado com Cristo na Luz reveladora da Consciência Crística, que está presente em cada alma, em cada flor, em cada átomo.”
– Paramahansa Yogananda

 

 

 

A jubilosa mensagem da Páscoa da ressurreição de Jesus Cristo nos recorda novamente sua gloriosa vitória sobre todas as limitações da vida mortal – e encoraja cada um de nós a despertar a liberdade, o poder e a alegria ilimitados que estão em nossa própria alma. Ao refletirem sobre a vida divina de Jesus, que o seu exemplo possa inspirá-los e fortalecer a confiança em que a luz universal da Consciência Crística nele manifestada está também dentro de vocês. Ela espera ser ressuscitada das limitações do ego, para eliminar a crosta da ignorância que se acumulou no trato com o mundo exterior da dualidade e com o ambiente interior autocriado de hábitos e pensamentos limitantes, aos quais a maioria das pessoas está acostumada.

Deus criou nossa alma à bela imagem de Seu amor e de Sua bondade, e concedeu a cada um de nós o poder para manifestar essa imagem em nossa vida. A consciência abrangente de Jesus refletiu perfeitamente esse amor crístico que transcende um pequeno círculo de zelo para com os demais, a fim de incluir todos os filhos de Deus. Ele não julgava as pessoas de acordo com nacionalidade ou condição social, nem rejeitava aqueles que haviam errado. Até mesmo na cruz, ele buscou o perdão para seus inimigos. Perceber e respeitar Deus em todos é um modo maravilhoso de expandir nossa consciência humana, transformando-a em consciência divina. Cada vez que procuramos compreender alguém cujas opiniões diferem das nossas, ou expressamos consideração pelas necessidades dos outros, ampliamos os horizontes de nossa mente e aumentamos a compaixão de nosso coração. Gurudeva Paramahansa Yogananda disse: “Uma das maiores vitórias sobre o eu inferior é a certeza da capacidade que você tem de ser sempre amável e prestativo; é a segurança de saber que ninguém conseguirá fazê-lo agir de outro modo”. O mundo considera que “poder” significa a capacidade de controlar os demais. Entretanto, as almas unidas a Deus – assim como Cristo – comprovaram que não há maior poder do que ser capaz de controlar a própria consciência de acordo com a vontade de Deus e com Suas leis do amor e da verdade. Quando seguimos esse exemplo, não mais necessitamos depender do inconstante mundo de maya para preservar nossa autoestima, nem precisamos ser governados pelo ego míope. Conhecemos a garantia e a liberdade interior de uma mente tranquila e um espírito sereno. É com essa consciência que Jesus vivia.

O desabrochar mais pleno de nosso potencial imortal surge quando, com um anseio cada vez mais profundo, comungamos com Deus no silencioso templo da alma. Cada esforço devocional para entrar em contato com essa Presença Divina que habita em nosso interior nos aproxima da ressurreição da consciência humana para a Consciência Crística. Ao sentir um contato ainda que momentâneo com a realidade do amor de Cristo em nosso coração – que nos confere satisfação plena –, percebemos que não há nada mais a desejar ou necessitar. Quaisquer que sejam nossas circunstâncias externas, encontramos em nosso interior uma profunda segurança e confiança, sabendo que estamos nas mãos amorosas Daquele que nos criou à Sua imagem de imortalidade e alegria.

Que o alvorecer dessa percepção em sua alma seja o seu abençoado despertar nesta Páscoa.

Irmão Chidananda

Mensagem do irmão Chidananda – Guru Purmina

Meus queridos,

Neste dia sagrado de Guru Purnima, nos unimos aos devotos na Índia e ao redor do mundo na antiga tradição de honrar o guru – o guia e amigo divino que Deus envia aos buscadores com anseio profundo, para servir como um canal puro do Seu amor e sabedoria, para o despertar de suas almas. Ao colocar aos pés de nosso amado Gurudeva Sri Sri Paramahansa Yogananda a oferta do seu amor e gratidão, possa você abrir inteiramente seu coração para a magnanimidade espiritual dele. Não existe presente maior que possamos receber no caminho espiritual do que sermos atraídos para uma alma assim unida a Deus, que pode nos conduzir da nossa natureza humana confinada por maya à liberdade ilimitada da consciência bem-aventurada de Deus.

Com a chegada do guru em sua vida, seu caminho para a libertação da alma está aberto, já que, através do guru e de seus ensinamentos, o próprio Deus pega sua mão para lhe guiar nesta jornada. Na ciência da Kriya Yoga, nosso Guru nos deu técnicas sagradas para acalmar a mente inquieta. Em seus escritos divinamente inspirados e nos escritos de sua vida, ele nos mostrou como viver em harmonia com as leis de Deus de amor e verdade. E nos deu seu amor incondicional para nos acompanhar sempre. Lembre-se das palavras de Guruji. “Deus enviou você a mim, e eu jamais lhe desapontarei.” Guarde essa promessa no seu coração em cada passo ao longo do caminho. O guru tem confiança em você, pois ele vê, sob o manto da natureza humana falível, o seu “eu” real – sua alma, repleta de potencial para expressar as qualidades divinas de Deus. Nenhum obstáculo de hábitos ou karma pode colocar-se no caminho do seu progresso se, ao invés de se demorar sobre as imperfeições humanas e erros passados, você focar no poder ilimitado do guru para lhe ajudar. Guruji nos assegurou: “Uma influência ainda mais potente do que o karma de alguém é a ajuda e bênção de um guru que conhece Deus. Por meio da observância reverente da orientação de um mestre, uma pessoa pode se libertar de todas as compulsões embutidas de karma do passado.”

O guru é verdadeiramente o melhor dos doadores já que suas bênçãos estão conosco sempre, mas nossos próprios esforços sinceros para viver na aura de sua presença também são necessários para abrir nossa consciência inteiramente à sua abundância espiritual. Quando você estuda profundamente seus ensinamentos e pratica com vontade e entusiasmo as técnicas e princípios dados por ele, você está absorvendo a vibração de sua divina consciência e seu poder transformador. E à medida que você infunde seus esforços com devoção, sua confiança no amor dele cresce, e você verá as barreiras de impaciência e vontade própria do ego se esvaírem, permitindo que ele guie seu progresso.

A sintonia mais forte com o guru virá por meio de meditações sempre mais profundas, pois é aí que sua presença é mais claramente sentida. Minha prece para todos vocês é que seu presente de gratidão ao nosso amado Guru seja fazer uso dos tesouros espirituais que ele nos concedeu, especialmente seus métodos de comunhão com Deus. Ao entrar diariamente no templo de silêncio de sua alma, possa você sentir cada vez mais o amor infinito dele lhe envolvendo e atraindo cada vez mais para perto da meta divina – realização do seu Eu eterno, uno com Deus.

Que Deus e Gurudeva derramem sobre você incessantemente Suas bênçãos transformadoras.

Swami Chidananda Giri

125 Aniversário de Paramahansa Yogananda

Assista a mensagem de nosso presidente Bro. Chidananda em video em inglês na íntegra:

Carta na íntegra em inglês:
January 5, 2018

Loving greetings to all of you on this sacred 125th anniversary of the birth of our beloved Gurudeva, Paramahansa Yogananda. On this day each year, we disciples of Paramahansaji all around the world take part in devotional ceremonies and special meditations to honor him and attune with his divine, spiritually transforming consciousness. And on this memorable 125th anniversary, let us do so with special joy, gratitude, and awareness of his eternal blessings.

As a disciple of this path, know that God has responded to the sincerity of your desire to know Him by sending to you our beloved Gurudeva to be your guide and eternal friend. If we practice the sadhana he has given, with full faith in his help, he will lead us unerringly to union with the Divine. Through the sacred science of Kriya Yoga that our Guru was ordained to disseminate worldwide, he has given us the most priceless treasure of all—the means to experience for ourselves the bliss beyond human imagining felt in the silent sanctuary of the soul at the touch of God’s infinite consciousness. Let this be a time to realize anew the magnitude of that divine gift—and the gift of the Guru’s unconditional love, which will follow you and watch over you always. Hold in your heart the awareness of that love, and know that in that love God and Guru look beyond any flaw in your human nature to behold the beauty and potential of your soul. As you, too, learn to see that divine image within, you will gain confidence that you can overcome anything. Remember his love when you meditate, and feel its power flowing through the techniques, transforming your consciousness—removing the covering of maya that has hidden the purity and radiance of your real Self. When you do that, and strive to attune your will with the Guru’s will, your ultimate liberation is assured.

The past year of commemorating the centennial of Paramahansa Yogananda’s work in India has been a reminder of the power of his teachings and proof of the growing momentum with which they are spreading in India and worldwide. This anniversary has also energized the individual efforts of those who participated, either in person or in spirit. May you take with you from this 125th birthday celebration, and all the beautiful events of the past year, the soul joy you have experienced, an increased faith in Guru’s unconditional love, and a firm resolve to persevere in your sadhana. Let your gift of gratitude to him be to follow the way he has shown, that you may receive with open mind and heart the limitless spiritual bounty he yearns to give to you. Jai Guru!

God and Gurudeva’s blessings be with you always,

Brother Chidananda

MENSAGEM ESPECIAL DO CONSELHO DE DIRETORES DA SRF/YSS

A SRF anuncia seu novo presidente: Irmão Chidananda é eleito presidente e líder espiritual da SRF/YSS

MENSAGEM ESPECIAL DO CONSELHO DE DIRETORES DA SRF/YSS

1o de setembro de 2017

Meus queridos,

O Conselho de Diretores da Self-Realization Fellowship tem a alegria de compartilhar com vocês a notícia de que o Irmão Chidananda foi eleito presidente e líder espiritual da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India, sucedendo Sri Mrinalini Mata que ocupou esse cargo de janeiro de 2011 até seu falecimento no mês passado. Ele foi eleito por unanimidade pelo Conselho de Diretores da SRF nesta quarta-feira, 30 de agosto de 2017.

Antes de sua morte em 2010, Sri Daya Mata, então presidente da SRF, expressara a Mrinalini Mata a convicção de que o Irmão Chidananda sucederia a própria Mrinalini Mata como presidente e líder espiritual da SRF/YSS. Mrinalini Mata afirmou isso alguns meses antes do seu próprio falecimento em 3 de agosto de 2017, e comunicou ao Conselho de Diretores estar de acordo com a recomendação de Daya Mata.

Irmão (Swami) Chidananda tem sido monge da Self-Realization Fellowship (SRF) há 40 anos e membro dos Conselhos de Diretores da SRF e da YSS nos últimos oito anos. Quase desde o começo de sua vida monástica ele trabalhou com Sri Mrinalini Mata, recebendo seu treinamento permeado de sabedoria e em sintonia com o Guru, enquanto a ajudava na revisão e edição das palavras de Paramahansa Yogananda e em outras publicações da SRF.


Um despertar para servir a Deus e à obra da SRF

Nascido em 1953 em Annapolis, Maryland, seu primeiro encontro com os ensinamentos de Paramahansa Yogananda e sua obra da Self-Realization Fellowship se deu em Encinitas, no começo da década de 1970, quando era estudante de sociologia e filosofia na Universidade da Califórnia, em San Diego. Atraído por seu longo interesse na espiritualidade da Índia, Irmão Chidananda visitou o Ashram da SRF em Encinitas, ao norte do campus da universidade, um ponto de referência familiar a muitos estudantes que moravam nas comunidades litorâneas adjacentes.

Alguns meses depois, deparou-se com uma cópia da Autobiografia de um Iogue e foi instantaneamente cativado pela grande sabedoria e consciência divina que se expressavam naquelas páginas. Durante seu último ano na universidade, inscreveu-se para receber as Lições da Self-Realization Fellowship e começou a frequentar os serviços da SRF em Encinitas. Ele se sentiu profundamente inspirado pelas palestras do Irmão Anandamoy, que era o ministro do templo naquela época, e também se beneficiou de seu aconselhamento pessoal. Foi nesse ambiente sagrado – tão permeado com as vibrações de Paramahansaji – que ele foi profundamente influenciado pelos monges e monjas que ali viviam, e o desejo de dedicar sua vida inteiramente à busca de Deus e ao serviço à obra de Paramahansa Yogananda como discípulo monástico despertou quase que imediatamente.

Irmão Chidananda entrou no ashram de postulantes monásticos em Encinitas em 19 de novembro de 1977, e lá passou um ano e meio sob a orientação estrita e amorosa do Irmão Premamoy, o santo tutor e responsável pelo treinamento dos jovens monges. Foi o Irmão Premamoy quem sugeriu a Sri Mrinalini Mata que considerasse a ideia de aceitar esse jovem monge no Departamento Editorial da SRF. Em abril de 1979, após concluir seu treinamento de postulante, Irmão Chidananda foi transferido para a Sede Internacional da SRF em Mount Washington, e foi imediatamente designado ao trabalho editorial no Departamento de Publicações, servindo sob a direção de Mrinalini Mata e sua corredatora-chefe, Sahaja Mata, ambas as quais tinham sido pessoalmente treinadas pelo Guru para revisar seus escritos e palestras a ser futuramente publicados.

Pouco após o falecimento de Sahaja Mata em 1996, Irmão Chidananda foi indicado pela então presidente Sri Daya Mata para o Conselho Internacional de Publicações da SRF/YSS, no qual ele serviu em estreita colaboração com Daya Mata e Mrinalini Mata até o falecimento da primeira, em 2010. Durante esse tempo, ajudou essas duas veneráveis discípulas diretas na preparação e publicação de muitas obras, incluindo-se os volumosos comentários de Paramahansaji sobre as escrituras (God Talks With Arjuna: The Bhagavad Gita e A Segunda Vinda de Cristo: A ressurreição do Cristo interior), bem como todas as outras publicações da SRF lançadas a partir de 1980 até hoje. Após anos recebendo de Daya Mata, Mrinalini Mata e Sahaja Mata um treinamento progressivamente mais profundo, ele foi designado por Mrinalini Mata para sucedê-la após seu falecimento, como redator-chefe das publicações da SRF/YSS.

Em 1917, Irmão Chidananda recebeu de Sri Daya Mata os votos finais de sannyas. Seu nome monástico Chidananda significa “bem-aventurança (ananda) por meio da infinita Consciência Divina (chit)”. Ministro ordenado da Self-Realization Fellowship, ele tem compartilhado os ensinamentos de Paramahansa Yogananda em visitas monásticas e programas de retiro nos Estados Unidos, Canadá, Europa e Índia – bem como na Convocação Mundial da SRF realizada anualmente em Los Angeles. Em 2009, foi indicado por Sri Daya Mata para membro dos Conselhos de Diretores da SRF e da YSS, e também serviu por muitos anos na comissão de supervisão que fiscaliza as múltiplas atividades e operações da SRF sob a direção da presidente.

“Buscar juntos a Deus como o único Amado de nossas almas…”

Falando aos discípulos monásticos da SRF depois que sua eleição foi anunciada, Irmão Chidananda disse:

“É com humildade e consciência de que Gurudeva Paramahansa Yogananda será sempre o líder desta organização que peço as orações e a ajuda de todos vocês enquanto procuro atender ao pedido de nossas amadas Sri Daya Mata e Sri Mrinalini Mata para seguir em frente acompanhando seus passos. O compromisso delas de ser um canal puro do amor de Gurudeva – o divino exemplo de procurar sintonizar cada pensamento, decisão e ação com a vontade e orientação dele – tem sido a minha inspiração durante toda a minha vida no ashram; e é com um sentimento de responsabilidade sagrada que espero servir a esta grande obra de Deus e dos Gurus nos anos à frente, confiando na ajuda, nas orações, na boa vontade e na amizade divina de todos vocês.

“Cada um de vocês é um discípulo escolhido do Mestre, e eu tiro o pó de seus pés no reconhecimento de que é somente como uma família espiritual unida dos chelas de Gurudeva que podemos, juntos, continuar a promover esta grande obra da SRF/YSS, no mesmo espírito de divino amor, alegria e autoentrega – buscando Deus, como o único Amado de nossas almas, nesse espírito que nosso Guru nos impôs e o qual, profetizou ele, seria a vida e a força de sua organização por todos os tempos vindouros. Jai Guru! Jai Ma!”

Para a família espiritual da SRF/YSS em todo o mundo, Irmão Chidananda deseja transmitir a seguinte mensagem:

“Meus queridos: no amor de Deus e do Guru saúdo a todos vocês e peço as contínuas bênçãos Deles a todos nós enquanto trilhamos este abençoado caminho de meditação de Kriya Yoga e vivemos em sintonia com o Ser Divino que Paramahansa Yogananda nos trouxe. Em nome dele, sinto-me humildemente grato pela oportunidade de servir a todos vocês, como também se sentem todos os monges e as monjas nos ashrams da SRF/YSS. Como um grupo mundial de almas que buscam a Deus – seja como discípulo leigo, seja no caminho monástico – vamos nos unir, agradecidos pelas bênçãos espirituais destes ensinamentos e decididos a aprofundar nosso próprio sadhana e a comunhão interior com Deus e os Grandes Gurus. Que cada um de vocês sinta Suas bênçãos incessantes. Jai Guru!”

Atenciosamente e em amizade divina,

Irmã Preeti, Secretária
Em nome do Conselho de Diretores da SRF e YSS

2017 – Mensagem de Páscoa de Sri Mrinalini Mata

Ó Espírito, ordena à minha alma que se erga do sepulcro da pequenez para a vastidão de Tua onipresença. Eleva sua consciência encerrada na matéria, conduzindo-a para a liberdade onipresente em Ti.

– Paramahansa Yogananda

 

Que durante esta época abençoada da Páscoa, ao refletir sobre a inspiração da vida divina e ressurreição gloriosa de Cristo, ela possa reavivar em seu interior a lembrança do infinito potencial de suas próprias almas e motivá-los a buscar com maior zelo a liberdade plena de alegria que ele conquistou. Jamais duvidem de sua capacidade de ser bem-sucedidos, pois Deus nos proveu a todos com o poder da mente e da vontade para nos erguer acima da identificação com o corpo e com as tendências da natureza humana. Ele também nos deu o exemplo daqueles que, tal como o Senhor Jesus, demonstraram que, embora tenhamos de vivenciar as dualidades do mundo, não precisamos ser dominados por elas.

É o nosso ambiente interior – se optamos por viver na vasta liberdade e plena abrangência da percepção de Deus ou na pequena e restrita esfera da consciência do ego – o que determina, mais do que qualquer condição externa, o grau de paz, felicidade e realização espiritual que alcançamos. A mensagem libertadora da Páscoa nos reassegura que somos seres de luz e alegria imortais e que jamais poderemos ser permanentemente confinados no casulo da consciência do ego. A Consciência Crística presente dentro de nós está sempre nos atraindo à nossa própria ressurreição por meio de nossas aspirações espirituais, mediante as verdades universais exemplificadas pelas almas unidas a Deus e especialmente através de nossas experiências no campo de provas da vida diária.

Gurudeva referiu-se à ressurreição como “a arte de emergir daquilo que somos, transformando-nos naquilo que seremos no futuro”, e nos disse: “Sempre que você abandona uma fraqueza, sentindo-se feliz em ser bom, Cristo ressuscita outra vez. Você pode trazer a Consciência Crística ao seu interior neste exato momento (…).” Essa liberdade divina é conquistada por intermédio de muitas pequenas vitórias. Cristo nos mostra o caminho ao lembrar-nos que devemos amar a Deus com todo o nosso coração, mente, alma e forças, e amar ao próximo como a nós mesmos. Ao comungar com Deus e desenvolver um relacionamento íntimo e amoroso com Ele – tal como Jesus possuía –, estabelecemos uma conexão com a Fonte infinita de nosso ser; e os relacionamentos humanos também se destinam a expandir nossa consciência para além de nossas próprias necessidades e carências. Nossa divindade inata desabrocha quando – em vez de termos a expectativa de receber dos demais – nos tornamos doadores de amor, compreensão e perdão. A maneira de agir do mundo implica em retaliação e ciclos infindáveis de vingança; o caminho do amor crístico é o que traz cura aos nossos corações e aos demais.

Quanto mais meditarmos profundamente e vivermos segundo os princípios de Cristo, mais comprovaremos que os grilhões de maya e do ego se dissolvem na realidade gloriosa da presença de Deus, que a tudo satisfaz. Ao ressuscitarmos para essa consciência, e à medida que o amor divino manifestado por Jesus flua de modo crescente através de nossa vida, cada um de nós estará cumprindo a sua parte para ressuscitar a influência da luz de Deus neste mundo.

Uma Páscoa alegre e abençoada para vocês e os que lhes são caros,

Sri Mrinalini Mata

fonte: SIte oficial da SRF – Link