Serviço Memorial a Mrinalini Mata

 
Queridos Amigos,

O Centro de São Paulo realizará um serviço “In Memoriam” dedicado a nossa amada Mrinalini Mata, Presidente e sanghamata da SRF, conforme orientação da Sede Central, no próximo sábado 12 de agosto das 14h30 às 15h30 horas.

Esperamos a presença de todos para este serviço especial de meditação e oração.

Foi anunciado hoje à noite na Convocação que o Serviço Memorial em homenagem à nossa presidente e sanghamata Sri Mrinalini Mata será realizado durante a Convocação, nessa sexta-feira próxima, 11 de agosto, e será transmitido ao vivo por meio do canal do YouTube (Link aqui) (19:30hs de Los Angeles), sendo mais tarde disponibilizado no canal da SRF no YouTube (https://www.youtube.com/user/YoganandaSRF).

Obviamente, devido à diferença de fuso horário, não esperamos que os grupos da SRF no Brasil se reúnam para assistir ao Serviço Memorial ao vivo (e também pelo fato de ele ser conduzido em inglês).  Mas queríamos informá-los antecipadamente já que essa atualização se encontra no nosso site, nesse momento, apenas em inglês e gostaríamos que tivessem acesso a esses detalhes o mais rápido possível.

Que Deus e o nosso amado Gurudeva os abençoem sempre.

Em amizade divina,
Departamento de Centros  - Br. Roberto

Peregrinação à Sede Central (Mount Washington-Mother Center) durante a Convocação

São Paulo, 4 de julho de 2017

Queridos amigos,
Saudações fraternas!

Como é de conhecimento dos devotos que geralmente vão à Convocação anualmente, a quarta feira é um dia de peregrinação em que uma monja que fala português recebe os brasileiros e portugueses. Naturalmente os devotos podem participar de qualquer outro dia – esta é somente uma atenção especial da SRF para com os devotos de língua estrangeira.

Infelizmente neste ano o Departamento de Centros irá realizar uma palestra para os voluntários na quarta-feira durante a semana da convocação no Bonaventure – das 12h00 às 13h30 -, em lugar do workshop para voluntários que geralmente se realizava no sábado que antecedia o início da Convocação.

Esta mudança impactou muitos devotos brasileiros que pretendiam ir à peregrinação no dia destinado à língua portuguesa (quarta feira).

Conversei com Sister Bhavani e esta informou que os responsáveis pela peregrinação lhe disseram que, infelizmente, a data da peregrinação para os brasileiros não poderia ser mudada neste ano.

A fim de facilitar a vida dos devotos que pretendem ir à peregrinação da Sede Central na quarta-feira, dia destinado aos brasileiros e italianos, a Sister orientou que,

independente do horário no ticket para aquele dia e todos os que quiserem ser recebidos em português, em especial aqueles que querem participar das duas atividades, peguem o ônibus que sai às 7h30, porém devem chegar com uma certa antecedência – (eu sugeriria pelo menos até ás 7h10) e informar aos voluntários que lá se encontram que são brasileiros e que gostariam de ir no ônibus das 7h30.

Segundo Sister Bhavani, os voluntários já estarão informados a este respeito e tentarão acomodar prioritariamente os brasileiros e italianos, enquanto ainda estiverem na fila.

Imediatamente após a chegada dos dois primeiros ônibus, Sister Bhavani dará a palestra inicial de boas vindas e conduzirá os devotos que quiserem em um tour pelo jardim, como faz anualmente. Em seguida os devotos que preferirem já poderão se colocar em fila para visitar o quarto do Mestre.

Para os devotos que saírem do hotel depois dos dois primeiros ônibus, Sr. Bhavani dará a palestra inicial depois que todos os ônibus tiverem chegado.

Retorno ao Hotel:

Os devotos que quiserem participar da palestra do Departamento de Centros deverão estar no portão de entrada as 11h25, pois um ônibus sairá as 11h30 para levá-los ao hotel.

Os outros devotos deverão tomar os ônibus que os levarão para o hotel entre 12h30 e 12h50.

Sr. Bhavani estará servindo no domingo na sala Santa Anita das 11h00 às 19h00 e ficará feliz em poder ajudá-los, se precisarem.

Agradecemos sua atenção e esperamos encontrá-los durante a Convocação.

A serviço do Mestre e em amizade divina.
Centro de São Paulo da SRF.

2017 – Mensagem de Páscoa de Sri Mrinalini Mata

Ó Espírito, ordena à minha alma que se erga do sepulcro da pequenez para a vastidão de Tua onipresença. Eleva sua consciência encerrada na matéria, conduzindo-a para a liberdade onipresente em Ti.

- Paramahansa Yogananda

 

Que durante esta época abençoada da Páscoa, ao refletir sobre a inspiração da vida divina e ressurreição gloriosa de Cristo, ela possa reavivar em seu interior a lembrança do infinito potencial de suas próprias almas e motivá-los a buscar com maior zelo a liberdade plena de alegria que ele conquistou. Jamais duvidem de sua capacidade de ser bem-sucedidos, pois Deus nos proveu a todos com o poder da mente e da vontade para nos erguer acima da identificação com o corpo e com as tendências da natureza humana. Ele também nos deu o exemplo daqueles que, tal como o Senhor Jesus, demonstraram que, embora tenhamos de vivenciar as dualidades do mundo, não precisamos ser dominados por elas.

É o nosso ambiente interior – se optamos por viver na vasta liberdade e plena abrangência da percepção de Deus ou na pequena e restrita esfera da consciência do ego – o que determina, mais do que qualquer condição externa, o grau de paz, felicidade e realização espiritual que alcançamos. A mensagem libertadora da Páscoa nos reassegura que somos seres de luz e alegria imortais e que jamais poderemos ser permanentemente confinados no casulo da consciência do ego. A Consciência Crística presente dentro de nós está sempre nos atraindo à nossa própria ressurreição por meio de nossas aspirações espirituais, mediante as verdades universais exemplificadas pelas almas unidas a Deus e especialmente através de nossas experiências no campo de provas da vida diária.

Gurudeva referiu-se à ressurreição como “a arte de emergir daquilo que somos, transformando-nos naquilo que seremos no futuro”, e nos disse: “Sempre que você abandona uma fraqueza, sentindo-se feliz em ser bom, Cristo ressuscita outra vez. Você pode trazer a Consciência Crística ao seu interior neste exato momento (…).” Essa liberdade divina é conquistada por intermédio de muitas pequenas vitórias. Cristo nos mostra o caminho ao lembrar-nos que devemos amar a Deus com todo o nosso coração, mente, alma e forças, e amar ao próximo como a nós mesmos. Ao comungar com Deus e desenvolver um relacionamento íntimo e amoroso com Ele – tal como Jesus possuía –, estabelecemos uma conexão com a Fonte infinita de nosso ser; e os relacionamentos humanos também se destinam a expandir nossa consciência para além de nossas próprias necessidades e carências. Nossa divindade inata desabrocha quando – em vez de termos a expectativa de receber dos demais – nos tornamos doadores de amor, compreensão e perdão. A maneira de agir do mundo implica em retaliação e ciclos infindáveis de vingança; o caminho do amor crístico é o que traz cura aos nossos corações e aos demais.

Quanto mais meditarmos profundamente e vivermos segundo os princípios de Cristo, mais comprovaremos que os grilhões de maya e do ego se dissolvem na realidade gloriosa da presença de Deus, que a tudo satisfaz. Ao ressuscitarmos para essa consciência, e à medida que o amor divino manifestado por Jesus flua de modo crescente através de nossa vida, cada um de nós estará cumprindo a sua parte para ressuscitar a influência da luz de Deus neste mundo.

Uma Páscoa alegre e abençoada para vocês e os que lhes são caros,

Sri Mrinalini Mata

fonte: SIte oficial da SRF – Link